UBER COMEÇA A FAZER CADASTRO PARA ATUAR EM MOSSORÓ

19 de Julho de 2017 | 22:39hs
Imagem [0]

Conseguir dinheiro ao toque de um botão. Essa é a praticidade que a Uber traz para as pessoas. A partir de hoje os interessados de Mossoró em dirigir como parceiros da Uber e gerar renda, seja como complemento ou como principal fonte, já podem se cadastrar pelo site uber.com/dirija.

Ser um motorista cadastrado na plataforma é ideal para quem busca independência no seu dia a dia, sendo seu próprio chefe e escolhendo seus horários. Hoje, já são mais de 50 mil motoristas parceiros que geram renda para si e suas famílias ao toque de um botão em todo o Brasil. Os interessados podem dirigir seus próprios carros, um carro de outra pessoa ou mesmo um veículo alugado – mais em t.uber.com/aluguel.

Região – além de Natal, a Uber está presente em mais de 60 cidades do Brasil.
Para se cadastrar
Acesse uber.com/dirija e faça o cadastro

Inclua sua CNH com observação Exerce Atividade Remunerada (EAR) – para conseguir essa observação basta procurar o posto do DETRAN mais próximo

Cadastre o CRLV de um veículo que cumpra os pré-requisitos (t.uber.com/veiculos.aceitos – sendo 2008 ou mais novo, com 4 portas e Ar Condicionado). O carro pode ser inclusive alugado (t.uber.com/aluguel) diretamente com as locadoras com valores a partir de R$ 1.399 por mês.

Segurança

A Uber se preocupa muito com a segurança. Para isso conta com tecnologia para auxiliar motoristas parceiros antes, durante e depois de cada viagem. Além disso os motoristas parceiros têm acesso ao suporte 24 horas e a uma cobertura de seguro para acidentes. Verificações de informações pessoais, como Cartão de Crédito e CPF dos usuários, são feitas para que o parceiro saiba com quem vai viajar.


FONTE DA NOTÍCIA: http://blogdobg.com.br

DE SUSPEIÇÃO EM SUSPEIÇÃO, O JULGAMENTO DE RICARDO MOTA NO TJRN ACABOU TENDO QUE IR PARA O STF

19 de Julho de 2017 | 22:31hs
Imagem [0]

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) vai destinar ao Supremo Tribunal Federal (STF) o julgamento do recurso do deputado estadual afastado Ricardo Motta (PSB). Ele está proibido de exercer atividade parlamentar na Assembleia Legislativa Estadual desde 8 de junho, por decisão do desembargador Glauber Rêgo.

A análise do plenário do TJ sobre o caso estava marcada para esta quarta-feira (19), mas não houve número mínimo de desembargadores para votar. Dos 15 magistrados, oito se declararam suspeitos.

Na sessão anterior, quarta (12), os desembargadores Amaury Moura, Judite Nunes, Cláudio Santos, João Rebouças, Saraiva Sobrinho, Virgílio Macedo e o presidente Expedito Ferreira haviam alegado suspeição. Na ocasião, o TJRN decidiu convocar um juiz para garantir o quórum mínimo de 9 julgadores na sessão seguinte.

Foi sorteado o juiz Alceu José Cicco, que compareceu à sessão desta quarta (19). Porém o desembargador Dilermando Motta também alegou suspeição e cancelou a votação pela segunda vez. Com isso, foi decidido que o caso será remetido ao STF. Para votação é necessário ter metade mais um dos juízes: um total de nove.

Ficaram aptos a votar apenas os desembargadores Vivaldo Pinheiro, Amílcar Maia, Zeneide Bezerra, Ibanez Monteiro, Glauber Rêgo, Gilson Barbosa, Cornélio Alves e o juiz Alceu José Cicco.


Por enquanto, Motta continua afastado. Não há prazo para julgamento do Supremo.

O deputado foi denunciado pelo Ministério Público do Estado após a Operação Candeeiro, que desbaratou uma suposta quadrilha que desviou R$ 19 milhões do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). Desse total, o deputado teria ficado com a maior parte: R$ 11 milhões.

fonte: G1 notícias

TIÃO COUTO TERÁ AGENDA NO FINAL DE SEMANA NA REGIÃO DO SERIDÓ

19 de Julho de 2017 | 21:43hs
Imagem [0]

O vice-presidente estadual do PSDB, Tião Couto, cumprirá agenda no final de semana na região do Seridó.

De acordo com sua assessoria, o empresário estará nos dias 21 e 22 de julho visitando os municípios de Caicó, São Fernando e São José do Seridó.

Na programação elaborada  estão agendadas visitas aos prefeitos dos municípios e visitas as empresas de confecção dessas cidades que se destacam pelo sistema de produção através de facções.

Nas andanças pelo interior do Estado, Tião realizou essa semana visitas aos municípios de Assu e Apodi, aonde concedeu entrevistas as emissoras de rádios locais.

POLÍTICOS DO RN JÁ SE MOVIMENTAM PARA JANELA DO TROCA-TROCA DE PARTIDOS EM OUTUBRO

19 de Julho de 2017 | 21:34hs
Imagem [0]

Com a negociação em Brasília sobre a reforma política indicando a quase certa antecipação da janela para a troca de partidos, que deve ocorrer já em outubro, a política aqui no RN passa a viver um clima de ebulição.

Não são poucos os protagonistas políticos que pensam numa nova acomodação partidária.

A deputada federal Zenaide Maia deve aproveitar a janela para deixar o PR e migrar para uma sigla mais à esquerda que garanta seu projeto de disputar o senado.

A deputada Larissa Rosado deve pular a janela do PSB migrando para uma nova sigla.

Na câmara dos vereadores em Mossoró existem quatro ou cinco edis que já estudam a mudança de partido.

O PSDB deve ser o partido no Estado que mais ganhará corpo com a abertura da janela, inclusive na Assembleia Legislativa onde já conta com a maior bancada, cinco deputados, mas pode chegar a sete.

ROSALBA PENSA EM EXPULSAR UM VEREADOR DA BANCADA GOVERNISTA

19 de Julho de 2017 | 21:33hs
Imagem [0]

A prefeita Rosalba Ciarlini tem ficado muito à vontade quando se trata de cobranças e questionamentos advindos da bancada de oposição na Câmara Municipal.

A ponto de estar planejando reduzir a bancada governista e dispensar um dos aliados mais trabalhosos. Sem preocupação alguma.

Dos atuais 14 vereadores da bancada, Rosalba e Carlos Augusto estão prontos para dar cartão vermelho para o governista João Gentil, do PV. Ficarão apenas com 13, sem receios e nem embaraços.

Carlos e Rosalba acham que pelo pouco que João tem entregado a fatura está cara, principalmente porque o vereador ficou com boa parte dos cargos da Previ.

A expulsão de Gentil da bancada vem sendo tratada pelo casal a alguns dias com a bancada, baseado na dificuldade de convivência.  “João não obedece ao planejado e a cada votação muda a conversa”, disse um vereador governista ao blog.

A redução do número de vereadores governistas não preocupa Carlos e Rosalba que estão satisfeitos com a postura da oposição, quase sempre acomodada e com pouca sede nas críticas à gestão.

TEMER AGORA USA UM MISTURADOR DE VOZ EM SEU GABINETE PARA EVITAR GRAVAÇÕES

19 de Julho de 2017 | 13:40hs
Imagem [0]

Segundo o blog de Gerson Camarotti, foi instalado aparelho no gabinete de Michel Temer, no Palácio do Planalto, que embaralha vozes e não permite que o presidente seja gravado. Segundo ele, “o aparelho emite uma frequência sonora que danifica as vozes gravadas na conversa. Quem tenta ouvir a gravação, percebe somente um chiado e não consegue entender o que foi dito.”

A medida foi tomada depois da gravação de Joesley Batista, da JBS, que flagrou o presidente Temer em assuntos que não deveria ter e levou a sua denúncia pela Procuradoria Geral da República, PGR, por corrupção passiva. Como a confissão de Joesley de que pagava para manter o silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

Segundo o blog, parlamentar que usa aparelho auditivo entrou no gabinete de Temer e reclamou muito de um ruído sonoro. O motivo é que o “misturador de voz” provoca interferência também em aparelhos para audição.

Com o aparelho, as articulações que Temer vem fazendo para se manter a todo custo no poder dificilmente poderão ser gravadas.

A ESTRANHA E TARDIA DELAÇÃO DE MARCOS VALÉRIO

19 de Julho de 2017 | 13:38hs
Imagem [0]

fonte: site Tijolaço

Os jornais noticiam que a Polícia Federal “fechou” um acordo de delação premiada com o publicitário Marcos Valério, preso há cinco anos, de uma pena total de 40 anos.

O curioso é que Valério, como todo preso, quer há vários anos fazer um acordo de delação. Em fevereiro deste ano prestou uma série de depoimentos ao Ministério Público de Minas Gerais e neles, segundo os jornais, relatava propinas nos dois primeiros anos de governo de Lula (nos Correios) e no Banco do Brasil, durante o governo FHC. Teria falado também de fartas negociatas com os tucanos de Minas (a começar por Aécio Neves) e negócios do PSDB com o Banco Rural, o mesmo acusado de praticar irregularidades com o PT.

De repente, a Polícia Federal aparece e toma para si o acordo que o MP recusou e, rapidamente, o conclui, inclusive com a transferência do preso para uma unidade prisional mais suave.

O acordo já estaria, inclusive, com o Supremo Tribunal Federal, para homologação, porque Aécio tem foro privilegiado.

Tudo é muito estranho, porque é improvável que, em três ou quatro meses, preso, Valério possa ter obtido provas que faltariam e, por isso, levaram o MP a recusar o acordo.

O que terá sido determinante para a PF em tese sobrecarregadas, fosse atrás do carequinha com uma “proposta irrecusável”?

A ressurreição de Marcos Valério, a esta altura, tem toda a ponta de missa encomendada.

DEPUTADOS QUE DEVEM MEIO BILHÃO DE REAIS DE IMPOSTOS, VÃO VOTAR REFIS PARA REDUZIR 73% DA DÍVIDA

19 de Julho de 2017 | 13:31hs
Imagem [0]

Deputados e senadores que devem à União R$ 532,9 milhões serão os responsáveis por aprovar o texto do novo Refis - programa de parcelamento de débitos tributários e previdenciários concedido com descontos generosos de juros e multas. O governo enviou uma proposta ao Congresso, em janeiro, com a expectativa de arrecadar R$ 13,3 bilhões este ano, mas a medida foi alterada pelos parlamentares, derrubando a arrecadação para R$ 420 milhões. A nova versão pretende perdoar 73% da dívida a ser negociada.

Os dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), responsável pela gestão da dívida ativa, foram obtidos pelo Estadão/Broadcast por meio da Lei de Acesso à Informação. O valor inclui dívidas inscritas nos CPFs dos parlamentares, débitos nos quais eles são corresponsáveis ou fiadores e o endividamento de empresas das quais são sócios ou diretores.

DEPUTADOS FAZEM ACORDO PARA ANTECIPAR JANELA PARA MUDAR DE PARTIDO

19 de Julho de 2017 | 13:29hs
Imagem [0]

Líderes da base aliada e da oposição fecharam um acordo para incluir na reforma política, que será votada no Congresso a partir de agosto, a antecipação do período em que os parlamentares podem trocar de partido sem o risco de perder o mandato. Atualmente, essa “janela” será em março de 2018. Pelo acordo, se aprovado no Congresso, seria antecipada para setembro ou outubro deste ano.

Há um inconformismo por parte de deputados da base e da oposição com as atuais legendas às quais estão filiados. “A reforma política vai antecipar para setembro ou outubro a ‘janela’. Há um inconformismo muito grande tanto em bancadas da base aliada quanto da oposição”, disse o deputadfo Danilo Fortes(PMDB-CE).

Em 2008, uma decisão do Supremo Tribunal Federal estabeleceu que os parlamentares que mudassem de partido sem justificativa perderiam o mandato, que pertence à legenda. Em 2015, o Congresso aprovou uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que prevê duas “janelas” para a troca sem punição – uma em 2016 e a outra entre março e abril de 2018.

Deputados do PMDB, PSDB e de ao menos oito partidos do Centrão firmaram acordo para incluir também na reforma política o “distritão”. Pelo sistema do “distritão” são eleitos para o Legislativo apenas os mais bem votados em cada Estado. A medida é apontada por eles próprios como forma de assegurar a própria reeleição, já que são mais conhecidos por uma maior parcela do eleitorado pela participação em eleições anteriores.

A reforma política será discutida em agosto. Para as regras terem validade nas eleições de 2018, terão de ser aprovadas até setembro deste ano.

PROGRAMA DO GOVERNO DEIXARÁ CONSUMIDOR MAIS ATENTO À VALIDADE DOS PRODUTOS

19 de Julho de 2017 | 11:22hs
Imagem [0]

O Governo do Estado lançou a campanha “De Olho na Validade”. O projeto, fruto de parceria entre o Procon e a Associação dos Supermercados do RN (Assurn), estimula o consumidor a ficar mais atento às datas nos rótulos e penaliza o comércio que mantiver produtos vencidos em suas prateleiras.

A solenidade de lançamento aconteceu no auditório da Federação do Comércio (Fecomércio), no Alecrim.

A campanha funciona do seguinte modo: o consumidor que encontrar um produto vencido nas prateleiras do supermercado participante levará, gratuitamente, um produto igual, próprio para consumo. A iniciativa entrará em vigor em agosto próximo.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br