PRESIDENTE ESTÁ CADA VEZ MAIS PRÓXIMO DE UMA DERROTA NO TSE

25 de Maio de 2017 | 07:59hs
Imagem [0]

JOSIAS DE SOUZA
Com uma capacidade cada vez mais limitada de fazer e acontecer, Michel Temer tornou-se presidente de prioridade única. Ele se dará por satisfeito se conseguir cumprir seu novo objetivo estratégico: não cair. Compartilhou com pessoas de sua confiança duas inquietações. Receia que o Tribunal Superior Eleitoral lhe casse o mandato. E teme que uma eventual delação do ex-assessor Rodrigo Rocha Loures —o homem da mala— elimine sua margem de manobra antes mesmo do início do julgamento do TSE, marcado para 6 de junho.

Antes do pacote de delações da JBS, Temer havia apagado o TSE da sua lista de problemas. Estimava que teria uma vitória na Justiça Eleitoral pelo placar de pelo menos 4 a 3. As posições dos sete julgadores eram antecipadas no Planalto como se o jogo estivesse jogado. Salvariam Temer os ministros Gilmar Mendes, Tarcísio Vieira, Admar Gonzaga e Napoleão Nunes Maia. Votariam pela cassação o relator Herman Benjamin, Rosa Weber e, talvez, Luiz Fux.

Depois que vieram à luz os resultados da colaboração judicial da JBS, o que o Planalto considerava um grande trunfo voltou-se contra Temer. Dizia-se que a maioria dos ministros faria uma leitura atenuatória dos fatos relacionados ao presidente para não conturbar uma administração que começava a exibir resultados na economia.

Agora, o feitiço do julgamento político começa a se voltar contra o feiticeiro, cuja permanência no cargo passou a ser vista como ameaça à tímida recuperação dos indicadores econômicos. O Planalto ainda contabiliza um placar de 4 a 3, só que contra a permanência de Temer.

Ironicamente, uma adesão do TSE ao ‘fora, Temer’, levaria a um resultado mais técnico. O veredicto não precisaria comprar a fábula segundo a qual Temer assumiu a cadeira de presidente por ser beneficiário dos 54 milhões de votos que os brasileiros deram a Dilma, mas não tem nada a ver com a dinheirama suja que financiou a campanha que produziu esse resultado.

A esperança de Temer de se salvar no TSE diminui na proporção direta do agravamento da crise.
....

ROBINSON DESCE A RAMPA DA GOVERNADORIA PARA DIZER QUE NÃO VAI VENDER A CAERN

25 de Maio de 2017 | 07:51hs
Imagem [0]

O governador Robinson Faria desceu a rampa do prédio da Governadoria para conversar pessoalmente com funcionários da Caern que vieram ao Centro Administrativo para questionar se a companhia seria privatizada, na manhã desta quarta-feira, 24.

Acompanhado do Diretor Presidente da Caern, Marcelo Toscano, e no meio dos servidores ele garantiu, mais uma vez, que não vai privatizar a companhia. “Enquanto Robinson Faria for o governador, a Caern não será privatizada”, disse, recebendo o apoio dos servidores.

O AUTORITARISMO ESTÁ DE VOLTA. O RISCO QUE O PAÍS CORRE.

25 de Maio de 2017 | 07:45hs
Imagem [0]

As forças armadas nas ruas lembram a ditadura.

Lembra o momento da história do País em que os que lutavam por um País democrático tinham que apanhar nas ruas dos cassetetes policiais para poder gritar em defesa de algo maior.

E muitos se arriscaram, apanharam, foram para o pau de arara. Lutaram pelos seus ideais. Graças a estes, conseguimos sair dos tempos escuros.

Michel Temer ao menor sinal de que as coisas não estavam ao seu favor, aparelhou sua defesa com os mesmos cassetetes usados na ditadura.

A mesma brutalidade. A mesma reação desproporcional.

Portanto, Michel Temer tem alma de ditador.

Um presidente inadequado para o Brasil democrático de hoje.

O importante nisso tudo é que prestemos atenção pelo que devemos lutar agora.

Não se trata de  defender ou incentivar a baderna, o caos, a desordem.

Se trata da necessidade de não permitir que o autoritarismo, a chama facista, o governo policialesco se instale no País e amanhã não sejam apenas os "baderneirtos" a apanhar de pau na rua, mas  qualquer um de nós.

Com ou sem motivo.

TEMER MENTE SOBRE RAZÃO PELA QUAL CONVOCOU AS FORÇAS ARMADAS

25 de Maio de 2017 | 07:42hs
Imagem [0]

O presidente Michel Temer colocou as forças armadas nas ruas. Com o objetivo de combater um protesto contra seu governo.

É a primeira vez que algo assim acontece nos tempos recentes da história brasileira.

Para muitos especialistas, Temer aproveitou a baderna dos protestos para acionar as forças armadas e mandar o devido recado.

Recado de que é um líder forte, está decidido e tem as forças armadas ao seu lado para a resistência.

Mas, Temer não é forte, pelo contrário, agiu como covarde.

Convocou as forças armadas nas ruas e justificou dizendo que fez isso a pedido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Mais tarde foi desmentido por Rodrigo que mostrou o documento pedindo a Força Nacional enão as forças armadas.

Finalmente Michel Temer  teve que assumir que foi ele quem chamou a armada.

A mentira é coisa de gente fraca. E covarde.

PERGUNTAS SOBRE O QUE ACONTECEU ONTEM NO BRASIL

25 de Maio de 2017 | 07:41hs
Imagem [0]

Várias questões a serem levantadas sobre as manifestações de ontem 

Os protestos eram pacíficos ou havia orientação para radicalizar?

Havia infiltrados que foram lá justamente com orientação de radicalizar e dar ao movimento uma cara de vandalismo?

A polícia atuou no intuito de evitar um confronto generalizado ou já partiu pra cima, mesmo no momento em que o protesto estava pacífico?

E se partiu pra cima, essa era a orientação desde o começo? Com qual objetivo?

Não, não se tratam de perguntas sem sentido.

Tem sentido sim, o jogo é bruto e nós somos ingênuos se acharmos que nada existe por trás disso.

ALRN EXONERA FILHOS DE DEPUTADO POR SUSPEITA DE NEPOTISMO

24 de Maio de 2017 | 17:42hs
Imagem [0]

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte exonerou dois filhos do deputado estadual José Adécio (DEM), obedecendo a recomendação do Ministério Público. Ambos ocupavam cargos comissionados no gabinete do pai — caso considerado pelo MP como nepotismo.

Gustavo Alexandre Muniz Costa ocupava o cargo de assessor especial parlamentar, cuja remuneração básica é de R$ 4.384 e, com benefícios, chega a 9 mil. Já Shirley Karine Muniz Costa era secretária de gabinete parlamentar e recebia salário de R$ 5.917.

As exonerações foram publicadas na edição desta terça-feira (24) do Boletim Legislativo. Os documentos foram assinados pelo presidente da Casa e por outros seis membros da mesa diretora, inclusive pelo próprio deputado José Adécio.

Fonte: G1RN.

MP DENUNCIA DEPUTADO RICARDO MOTTA POR DESVIOS DE RECURSOS NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RN

24 de Maio de 2017 | 17:38hs
Imagem [0]

O Ministério Público Estadual ofereceu denúncia contra o ex-presidente da Assembleia Legislativa do RN deputado Ricardo Motta (PSB). Ele é acusado de chefiar, entre 2011 e 2015, a organização criminosa que desviou recursos públicos do parlamento estadual mediante a inserção fraudulenta de “servidores fantasmas” na folha de pagamento do órgão legislativo. A ação penal foi encaminhada ao relator o desembargador Glauber Rêgo.

Esta foi a segunda denúncia oferecida pelo MP contra o deputado Ricardo Motta (PSB) em dois dias. Nesta terça (23), o deputado foi denunciado por desvios de R$ 19 milhões no Idema.

O advogado Thiago Cortês, que defende o deputado, afirmou que a defesa técnica "só vai se pronunciar após ter acesso não só à denúncia mas também às provas e de antemão nega qualquer fato que possa incriminar o deputado Ricardo Motta".

Clique aqui para saber mais.

DÓLAR FECHA EM ALTA DE OLHO EM CRISE POLÍTICA

24 de Maio de 2017 | 17:37hs
Imagem [0]

O dólar fechou em alta em relação ao real nesta quarta-feira (24), com os investidores de olho no rumo das reformas econômicas no Congresso em meio à crise política e após fortes manifestações contra o presidente Michel Temer. 

A moeda norte-americana subiu 0,39%, cotada a R$ 3,2791.

DESENVOLVIMENTO SOCIAL FAZ INSCRIÇÕES PARA ARRAIÁ DA MELHOR IDADE

24 de Maio de 2017 | 17:36hs
Imagem [0]

As inscrições dos idosos para o Arraiá da Melhor Idade terminam no próximo dia 31. Os interessados podem fazer a inscrição em duas categorias: Quadrilhas Junina e Dança Junina (podendo ser individual). As apresentações serão no dia 21 de junho, na Arena Deodete Dias.

As inscrições já estão sendo feitas na sede da Secretaria do Desenvolvimento Social e Juventude, na Rua Jerônimo Rosado, Centro.

No dia das apresentações também serão escolhidos o Rei e a Rainha da Melhor Idade.

INTENÇÃO DE RENOVAR ESTOQUES CRESCE NO COMÉRCIO POR DOIS MESES SEGUIDOS

24 de Maio de 2017 | 17:34hs
Imagem [0]

Pela primeira vez desde o início de 2014, a intenção dos comerciantes brasileiros de investir em estoques cresceu por dois meses consecutivos. O Índice de Investimentos em Estoques, um dos componentes do Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), subiu 1% em maio, em comparação a abril, e 2,8% em relação a maio do ano passado. Os dados foram divulgados hoje (24), no Rio de Janeiro, pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Embora positivo, o índice atingiu 84,5 pontos em uma escala de 0 a 200, o que significa, na avaliação da economista da CNC Izis Ferreira, que ele “ainda está na zona de avaliação negativa” , abaixo de 100 pontos, e precisa, portanto, manter o crescimento registrado em abril e maio para passar a uma percepção positiva.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br